Ads Top

Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo é celebrado em todo o País

 


Há 157 anos brasileiros lutavam contra ameaças à soberania nacional

09/06/2022 - Por Agência Marinha de Notícias - Brasília, DF

As cidades do Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Natal (RN), Belém (PA), Rio Grande (RS), Ladário (MS), Brasília (DF), São Paulo (SP) e Manaus (AM) receberam, hoje, cerimônias comemorativas à Batalha Naval do Riachuelo – Data Magna da Marinha. A cerimônia realizada em Brasília, no Grupamento de Fuzileiros Navais, foi presidida pelo Ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira.

Em sua Ordem do Dia relativa à data, o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, destacou que é motivo de grande orgulho dispor de uma Instituição tão profissional, atuante e vibrante.

“Estou certo de que o povo brasileiro enxerga a Marinha como uma instituição que goza de credibilidade e confiança, que estará sempre pronta a cumprir, de forma irretocável, tudo aquilo que lhe compete em nossa Constituição, qual seja, a defesa da Pátria, a garantia dos Poderes Constitucionais e demais atividades subsidiárias”.

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, destacou que o Almirante Barroso, o Guarda-Marinha Greenhalgh e o Imperial Marinheiro Marcílio Dias pertenceram a uma geração de heróis brasileiros que a despeito de todas as dificuldades, se destacou pelo amor incondicional ao Brasil e ao seu povo, em uma fase de nossa História que foi fundamental para a formação de uma Pátria livre, soberana e indivisível, dotada de grande extensão territorial e valorosos recursos naturais, berço de um povo forte, criativo e trabalhador.

“Assim, no ensejo da passagem desta Data Magna da Marinha, honrando a memória de nossos antecessores, é meu dever prestar as devidas reverências àqueles que, mesmo diante da inferioridade numérica e da surpresa da ofensiva, jamais esmoreceram, logrando, ao final, a incontestável vitória. Ao todo, foram computadas 102 baixas de honrados brasileiros, em intervalo de poucas horas. Eram pais de família, filhos queridos, que entregaram pela Pátria o seu bem maior, as próprias vidas”, destacou o Comandante da Marinha.

Desfile em continência ao Ministro de Estado da Defesa – Imagem: 1ºT(T) Carlôto
 

Ordem do Mérito Naval

Nas cerimônias foram feitas imposições das comendas da Ordem do Mérito Naval, que destina-se a premiar os militares da Marinha que se tenham distinguido no exercício de sua profissão e, excepcionalmente, corporações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, suas bandeiras ou estandartes, assim como personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que houverem prestado relevantes serviços à Marinha do Brasil.

O Suboficial (AD) Inael Fernando Ferreira Cerqueira, Praça mais antiga a receber a comenda em Brasília, afirmou que o recebimento da Ordem do Mérito Naval “representa o coroamento de 33 anos de serviço e a satisfação de pertencer à Marinha do Brasil. Sinto-me extremamente lisonjeado e rejuvenescido para continuar com essa determinação em servir à nossa instituição”.

 

 

Galeria de fotos: 










Agência Marinha de Notícias

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.