Ads Top

FAB comemora Dia da Aviação de Caça e incorpora os caças Gripen


A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou na sexta (22/04), na Base Aérea de Santa Cruz (BASC), no Rio de Janeiro (RJ), a cerimônia militar em comemoração ao Dia da Aviação de Caça.

A solenidade marcou a imposição da medalha “Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura” e a incorporação das duas aeronaves Saab JAS 39 Gripen, que chegaram ao Brasil no dia 1° de abril.


O evento contou com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro, acompanhado do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, do Ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, alem de Oficiais-Generais do Alto-Comando da Aeronáutica. As autoridades foram recebidas pelo Comandante da Base Aérea de Santa Cruz, Coronel Aviador Alessandro Barbosa Arrais de Oliveira.

Chegada da comitiva presidencial no Embraer 190 FAB2591

Incorporação dos caças Gripen

Para o Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Sergio Roberto de Almeida, a incorporação dos F-39 Gripen marca o início de uma nova era para a Força Aérea Brasileira. 

Saab JAS 39 Gripen matrículas FAB4101 e FAB4102

“Desde a sua criação a Aviação de Caça brasileira esteve em um patamar muito elevado e em função de dificuldades não era possível mais manter o mesmo nível das outras forças aéreas. Com a incorporação dos Gripen na sua configuração de combate, isso nos coloca novamente no mesmo patamar das melhores forças aéreas do mundo voltando à modernidade”, destacou.

Batismo

Caças Gripen se posicionando para o batismo

Na cerimônia, os Saab F-39E Gripen matrículas FAB 4101 e FAB 4102, primeiros de produção em série, receberam o batismo operacional, marcando a incorporação das aeronaves à Aviação de Caça brasileira.

Batismo dos caças Gripen

Mais unidades do Gripen


Durante a celebração, foi anunciado pelo Comandante da Aeronáutica a aquisição de mais unidades do caça Gripen para a FAB.

Saab JAS 39 Gripen matrícula FAB4102

“O contrato de aquisição dos Saab F-39 Gripen será alterado com o acréscimo de mais quatro aeronaves, que nos possibilitará iniciar estudos para implantação desses vetores e mais uma base aérea. Em paralelo iniciamos estudos preliminares para aquisição de um segundo lote dessas aeronaves a fim de garantir que a desativação das aeronaves de caça mais antigas não acarrete perda da capacidade de cumprirmos nossa missão de defesa”, discursou.

Saab JAS 39 Gripen matrícula FAB4102

Reunião da Aviação de Caça

Caças F-5M do Esquadrão Pampa matrículas (esq para dir) 
 FAB4869, FAB4834, FAB4859, FAB4873, FAB4812 e FAB4810

Durante a semana que precedeu o dia da solenidade, aconteceu a Reunião da Aviação de Caça (RAC). 

Northrop F-5FM matrícula FAB4910 do Esquadrão Pampa com pintura comemorativa dos 45 anos de F-5 e seus 75 anos

Além do anfitrião, o 1º Grupo de Aviação de Caça (1º GAvCa), participaram da RAC os Esquadrões:
- Grifo (2º/3º GAV), sediado em Porto Velho-RO, com as aeronaves Embraer A-29 Super Tucano;
- Jocker (2º/5º GAV), sediado em Natal (RN), com as aeronaves Embraer A-29 Super Tucano;
- Pocker (1º/10º GAV), sediado em Santa Maria (RS), com aeronaves Embraer AMX;
- Pampa (1º/14º GAV), sediado em Canoas (RS), com aeronaves Northrop F-5M.

Embraer A-29 Super Tucano do Esquadrão Grifo

Demonstração operacional

F-5M efetuando lançamento de bombas

A solenidade contou com voos em formação das aeronaves Saab F-39E Gripen, Northrop F-5 Tiger e Embraer A-29 Super Tucano.

Embraer A-29B Super Tucano matrícula FAB5949 do Esquadrão Jocker ostentanto pintura comemorativa de 90mil horas de voo do A-29

Também foi realizada uma demonstração operacional pelos caças da FAB, com tiros e lançamento de bombas no estande tático da base.

AMX efetuando tiro e lançamento de chaff e flare


História

No dia 22 de abril de 1945, os Aviadores do Primeiro Grupo de Aviação de Caça realizaram nos céus da Itália, entre o nascer e o pôr do sol, 44 missões de guerra em um único dia. Em um esforço quase sobre-humano, aquele seleto e reduzido time de pilotos e mecânicos brasileiros estabeleceu uma impressionante marca, a qual não foi suplantada ao longo de toda a campanha na Segunda Guerra Mundial, e talhou em livro de ouro o dia 22 de abril como o Dia da Aviação de Caça brasileira,

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.